Quem somos

A Editora dos Pioneiros é parte da Adventist Pioneer Library (APLib), editora Norte-Americana responsável pela publicação e circulação dos escritos dos pioneiros adventistas (não incluindo os escritos de Ellen G. White, por cuja circulação é responsável o Ellen G. White Estate). Nos EUA, a APLib tem trabalhado em parceria com o White Estate a mais de 20 anos. Em 2008, o White Estate e a APLib publicaram juntamente o CD-ROM de Ellen White em inglês, o qual contém todo o conteúdo que havia sido até então publicado dos escritos de Ellen White, e todo o conteúdo que a APLib havia recobrado dos outros pioneiros adventistas.

No Brasil, a Editora dos Pioneiros iniciou suas operações em 2014. Desde o início ela tem trabalhado em parceria e com o apoio do Centro de Pesquisas Ellen G. White do Brasil. Seu principal livro (O Grande Movimento Adventista) já entrou para o Clube do Livro de 5 Uniões da IASD no Brasil.

O início da APLib se deu em resposta ao chamado de Deus em favor da circulação dos escritos dos pioneiros. Veja as seguintes citações do Espírito de Profecia:

Nós não temos nada a temer para o futuro, exceto se nos esquecermos da forma como o Senhor nos conduziu, e de seus ensinamentos na nossa história passada. (LS, p. 196)

O registro da experiência pela qual o povo de Deus passou no início da história de nossa obra deve ser republicado. (Carta 105, 1903)

A experiência de Guilherme Miller e seus associados, do capitão José Bates, e de outros pioneiros na mensagem do advento, deve ser mantida perante nosso povo. (Carta 105, 1903)

O livro do irmão Loughborough deve receber atenção. Nossos líderes devem ver o que pode ser feito para a circulação deste livro. (Carta 105, 1903)

Que os homens idosos que foram pioneiros em nossa obra falem claramente. (MS62, 1905)

Deixem os que estão mortos falar … reimprimindo seus artigos. (MS62, 1905)

Tornem proeminente o testemunho de alguns dos obreiros mais velhos, que agora estão mortos. (Carta 99, 1905)

Estes artigos devem ser agora reimpressos, para que possa haver uma viva voz das testemunhas do Senhor. (Carta 99, 1905)

A história das experiências iniciais na mensagem será um poder para resistir o engenho magistral dos enganos de Satanás. (Carta 99, 1905)

Juntemos os raios da divina luz que Deus deu ao conduzir Seu povo passo a passo no caminho da verdade. (MS62, 1905)

Recite a experiência dos homens que desempenharam uma parte no estabelecimento de nossa obra no princípio. (MS129, 1905)

Repita as palavras dos pioneiros em nossa obra, que conheciam o custo de buscar a verdade como a tesouros escondidos, e que trabalharam para lançar os fundamentos de nossa obra. (RH 25 de março de 1905)

Os porta-estandartes que caíram pela morte, devem falar através da reimpressão de seus escritos. … Devem dar o seu testemunho sobre o que constitui a verdade para este tempo. (CWE32, 1905)


Que Deus conceda Sua bênção e abra o caminho para a circulação desses importantes escritos.

Equipe da Editora